Limite

A vida é delimitada por limites, parâmetros, delimitações que provam até onde podemos chegar. Tem gente que gosta de ultrapassar os seus, viver como ilegais num território longe dos teus limites e isto é perigoso. Outros nem chegam perto do seu limite, não se aventuram, não se arriscam. O melhor então é conhecer o seu limite e saber que passando dali tudo pode acontecer.

Penso muito nisso nestes dias, penso tanto que até irrita, é como o aviso do microondas quando você não tira a comida, apita, apita apita. Sinto este sonar, parece que estou no meu limite ou bem perto dele e cada vez que paro pra avaliar fico mais preocupada, neste ritmo que as coisas vão, não sei se vou conseguir parar na linha.

Mas o que que tem diz o cisne negro, viva o perigo, responsabilize-se pelo irresponsável, levante as mãos na montanha russa, porém o cisne branco me manda ter pose de bailarina, regrada, sistemática, ortopedicamente certa, cabelo alinhado e a vida na mesma chatice de sempre.

Pense se não é enlouquecedor, você ter que viver a margem do formal pra ter momentos brilhantes. Você ter que esconder o sorriso feliz pra satisfazer a sociedade, você ter que aceitar ser a segunda opção, ter que fugir e se esconder, ter que ser o que você não é, pra se sentir viva….Todos tem o seu limite e eu sei o meu…E digo estou nele…Na beira do penhasco !!!

9/03/2011

Anúncios

Uma resposta to “Limite”

  1. Precipite-se!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: