Batida Seca

Deu entrada na emergência, hoje a noite , alguém que eu amo. Segundo o boletim médico o estado é gravíssimo : Múltiplas fraturas, complicações respiratórias, lesões cerebrais…Como é que não vimos aquele muro? Eu tinha que ter visto !Estou cheia de hematomas, dificuldades para respirar…Dor, muita dor! Tive sorte, estou em pé, mas ele…parece que não vai sobreviver…Meu querido “Sonho” está morrendo!

Vi  os médicos pra lá e pra cá, pelo vidro, vejo muita agitação ao redor da cama, e finalmente…Tubos, aparelhos..UTI. A cena se repete na minha cabeça, não me conformo, não consigo aceitar, como deixei que isto fosse tão longe, como me permiti andar em tão alta velocidade,  como o incentivei, como fiz ele correr riscos, sentir o vento, as emoções, as rápidas paisagens,  rápidas mensagens, rápidos desejos, deixei que ele me fizesse correr riscos. Como fui imprudente, como esqueci qual era o meu lugar…Ah! Mas fomos felizes, eu acreditei tanto nele que me deixei levar, achei que desta vez nada ia nos pegar, achei que não era nada de mais…Sinto uma dor insensata, uma revolta. Lembro-me de quando ele nasceu, de uma conversa tola, uma convivência tão pura, uma harmonia imediata, nos parecíamos, foi tão divertido e simples…Pobre Sonho!Sem perceber estávamos além do limite de velocidade, quando um muro se interpôs, batida seca, nem deu pra frear, eu fui sacudida, amassada, mas ele ficou preso nas ferragens. No muro uma inscrição em grafite “REALIDADE”.Não consegui fazer nada por ele,  ele ficou inconsciente, parecia que nem sentia dor, minhas mãos não conseguiam alcançá-lo, me desesperei.

Agora estou aqui, neste OS diante deste vidro, esperando noticias…Se ele sobreviver não será mais o mesmo , talvez sofra pra sempre, se ele morrer, vai com ele meu riso, minhas expectativas…Não sei de mais nada.O médico me chama, me dá uma roupa e diz que posso entrar. Olho pra ele e ele continua sendo o mais lindo de todos, aquele que me salvou nos últimos dias. Ele não me diz mais nada, não me incentiva mais, não me faz sorrir. Seguro sua mão gelada com carinho, ele é uma das coisas que mais amo, vai ser chato sem ele, nem consigo lhe dizer isto. O médico me chama da porta, meu tempo acabou…e quando estou saindo, sinto apertar a minha mão…Eu grito:

– Doutorrr! Ele apertou a minha mão!!!!

– Impossivel- Diz ele – Me levando pra fora- Você está emocionada, coloque-se no seu lugar!

Sonhos mortos, entubados, vegetando, sucumbidos pela falta de dinheiro, de vontade, de sensibilidade. Sonhos difíceis de deixar, de esquecer, principalmente porque se eles nascem ou morrem é por minha culpa, minha responsabilidade, somente minha.

 eudenovo4

Anúncios

2 Respostas to “Batida Seca”

  1. Seu sonho vive e a responsabilidade é sua. Por certo ele não será mais o mesmo, você o moldou… Ele cresce com você. Eu não tenho o direito de julgar o seu sonho, mas espero que um dia ele mereça essa dedicação e apreço. Pobre sonho agonizante!

  2. È…agonizante.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: