Chance ?

Posted in Uncategorized on Março 22, 2013 by sterika

ImagemA chance do novo…quantos sonetos foram escritos, quantas músicas entoadas, quantas súplicas pelo recomeço, pela chance, pela oportunidade…Como se ao menos soubéssemos o que é melhor  pra nós!

È tão grande o desejo de mudar, de fazer tudo diferente, suspiramos e sorrimos, como a criança que desmonta o brinquedo e consegue montar de novo!

Mas diante do novo caminho, diante da chance tão sonhada você engole seco…È o meu caso, estou diante da chance de recriar-me e me sinto como se estivesse na porta do avião pra saltar de paraquedas…Tudo incerto, tudo desconhecido…Tudo assustador.

Assustador  porque a chance é nova , mas você não!

 Muda a paisagem, o cenário, as pessoas, o idioma, muda tudo, mas você continua reclamando do tempo, continua dormindo tarde, prometendo regimes, pondo a culpa nos outros…

Continua sendo o velho e ingrato “você mesmo”- Incapaz de se contentar com o que tem.

Assim recomeçar pode ser um desastre! 

Daí vem o meu frio na barriga…Porque desejo muito que tudo dê certo, e sei que pra dar certo não é só a oportunidade que  precisa aparecer, é também  uma força inimaginável de mudar, de se permitir, de ser madura, mas não cruel consigo mesma! Força que só pode vir de Deus !

Recomeços, reviravoltas, oportunidades… Chance de ser bem sucedido, de fazer o que sempre quis fazer, de acreditar no amor, de  sumir , chance de voltar…Quantas coisas queremos ou já estão diante de nós , e que nunca teremos certeza se é o melhor, se deveria ser assim.

Nem todos tem a sorte de ter alguém segurando sua mão pelo caminho, nem todos possuem apoio e torcida, muitos como eu, lançam-se na solidão inigualável e estar só é cômodo. Mas de uma maneira incrível a vida propõe diante de nós um recomeço, nos coloca na porta do avião com o vento na cara que mal te deixa respirar, você pode até não querer pular, mas também não vai conseguir fica ali !

Vai ter que se decidir e acreditar que o vento será direcionado por Deus, e repetir até estar em terra firme” O coração do homem faz planos, mas a certeza vem de Deus”! ( Pv 16.1)

 

Segunda Linha.

Posted in Uncategorized on Outubro 14, 2012 by sterika

Ninguém luta por prêmio de consolação. Não se vê atletas treinando para o segundo lugar, nem tampouco  se orgulha de algo que vem só pra dizer que você participou, pra calar um olhar triste de quem perdeu ou ainda não conquistou o título.

Não se exibi um troféu  de participação, não  há comemorações pra quem quase ganhou…Não seja hipócrita de não concordar, mas existem coisas mais especiais que outras, existem os tapa buracos,  aquilo que usamos pra passar o tempo até que outra coisa apareça.

Digo isso porque pareço uma medalha empoeirada no canto da galeria de troféus. Aquela que está escondida atrás de uma foto, que deixa a mostra somente a fita. Tenho meu valor, mas não a admiração, nem o carinho. Tenho um espaço, mas não a honra, não o prazer da companhia…Sou a primeira a ser colocada na gaveta.

Posso me revoltar e sair derrubando os troféus adorados,  berrar por um lugar de honra, pular no pescoço e querer também estar no álbum de fotos, mas não tenho tal força, pobre prêmio de consolação! Então devo aceitar meu lugar sufocante, devo procurar uma maneira de me sentir cômoda diante dos fatos e tem dias que eu até consigo.  Só que hoje estou ferida, estou chorosa, sozinha. Estou confusa , me sentindo desrespeitada, me sentindo a pessoa mais desprezível do universo.  “E me lembrei de uma historinha da escola dominical, ‘O Bom Pastor”.

Muitas ovelhas…brancas, malhadas, pretas. As premiadas, as mais bonitas, as dóceis, muitas…muitas. Aquelas que se mostra pras visitas, aquelas de quem se tem orgulho. Estas que não se parecem comigo! Então aquele Pastor que tem muitos troféus reluzentes no seu pasto, percebe a falta de uma…Uma ovelha idiota que se perdeu porque com certeza não tinha muitos conhecimentos, ou não suportava a pressão de não ser como as outras…Ela se perdeu! Podia passar desapercebido, deveria alias, mas não pra Ele.

Adoro esta parte da historinha, o Bom Pastor larga as outras, e procura a tontinha que se perdeu, e chama por ela, e a encontra. Pega ela no colo e dá a ela o seu momento de glória! Aquela ovelhinha não era mais uma no rebanho, não era figurante, nem tampouco  um premio de consolação, ela tinha seu valor. Podemos não entender qual era, isso é coisa do Pastor, podemos não concordar em se dar valor a certas coisas, mas convenhamos nada melhor do que  os braços de alguém que te valoriza, que vê em você coisas que nem você acredita!

Com certeza estas coisas só poderiam vir de Deus, as pessoas não conseguem  ver a alma.Espero que hoje, neste dia tão triste eu possa ser encontrada pelo Pastor  e ele me tire desta estante empoeirada e me carregue em  seu pescoço, não como um consolo, mas como algo do qual Ele tem muito orgulho porque estava perdido e Ele encontrou !

Imagem

Insônia !

Posted in Uncategorized on Outubro 14, 2012 by sterika

ImagemNão consigo dormir,  está um clima propício: Uma chuva gostosa, meu filho já dormiu, não está passando nada interessante na televisão e eu com insônia. De repente todas as questões da minha vida resolveram passear na minha cabeça,  justamente hoje resolvi questionar minha existência ou a falta de existência … Queria mesmo era uma bela e inconsequente noite de sono, sem pensar em nada, sem nada pra questionar, sem ter que suspirar aquele suspiro dolorido de quem só tem que compreender.

As vezes a vida é incompreensível, em alguns momentos como nesta madrugada, me pergunto porque…porque e porque ?? E se você acha infantil demais questionar a vida , é porque com certeza nunca esteve tão sozinho que leva um susto com a própria voz.  Procuro entender os motivos, procuro buscar um alento, uma explicação, um só apoio pra me consolar e não acho nada…Absolutamente nada além da difícil conclusão: Uns tem outros não. Uns podem, outros não podem. Uns vivem e outros sobrevivem.

Estou tão sozinha que chega a doer, tenho companhias, mas não companheiros. Tenho pessoas maravilhosas ao meu redor com quem não posso falar sobre isso, tenho uma vida de sofrimento que deixei pra trás e uma vida relativa pela frente… Sofro incansavelmente por me humilhar todos os dias pra ter um pouco de atenção, sofro  por ser uma QUASE na vida de alguém, e justamente hoje tudo isso regurgitou no meu pensamento dizendo “ Você nunca será!”-  Levo na cara feito os soldados do Capitão Nascimento.

Acho que da maneira mais cruel, estou descobrindo que minha solidão nunca vai passar, não vai sarar.

Meu amigo !

Posted in Uncategorized on Setembro 6, 2012 by sterika

Eu já sonhei com um mundo melhor, e acreditei que saquinhos de leite ajudavam doentes, já torci pelo Brasil na copa, já depositei cupons, joguei na loteria. Eu já aceitei flores achando que era prova de amor e desculpei crendo que havia arrependimento…Um dia neste tempo todo da minha vida eu fui crédula, eu fiz as coisas de coração, eu me doei , eu era pura.

O pior de passar por certas situações é que você perde tal pureza, você não consegue mais ver tanto glamour, e começa a entender o mecanismo da vida moderna e isto te torna um madura e amadurecer é dolorido.

Não consigo mais me importar com certas situações e nem me submeto a muitas exigências… Já não me empolgo com palavras bonitas, nem sorrisos encantadores, não é qualquer pessoa que me desperta o interesse e me permito ser absolutamente encantada por seres inteligentes. Seres que não me subestimam.

E nestes dias monótonos que são bem comuns no mundo das amadurecidas… Ele surgiu, uma versão feminina de mim? Em partes ! Mas ele é aquilo que eu idealizei como condizente. Apareceu nem sei como porque parece que sempre esteve ali.

Dissimulado, tem um olhar desnudo capaz de despir o espartilho oculto. Possui a sagacidade dos vorazes, a astúcia dos felinos devoradores, suas intenções não vão além das necessidades primitivas do homem: Conquistar, marcar, exibir, aproveitar e nunca comprometer-se.

Sacana com êxito, impostor por conveniência e mesmo quando quer se redimir é cafajeste. Sabe o que suas presas querem ouvir, é amigo quando convém e some quando menos se espera… Mas tudo passa despercebido por culpa de um único detalhe ele é BOM. Como aquele chocolate megacalórico, possui uma inteligência tão  impetuosa …tão minha. Encontrei um amigo.

Posso ser eu mesma, que ele não se admira, não arregala os olhos, não curva a sobrancelha, nem diz “Com esta cara de quietinha, hein !”. Posso dizer desde a coisa mais séria até a loucura insana que ele não me julga, não deixa de rir e o melhor me responde!

Não entramos em questões filosóficas ainda, nem discutimos futebol, não há cobrança natural das amizades, somente sorrimos das misérias… Se nos falamos, falamos! Se não, não! Mas falamos!!

É tudo leve, e às vezes gira, os absurdos são vistos de forma branda. Sei pouco sobre, e ele nada sobre mim, suas trapaças não me incomodam, nem seu harém. Depois de tanto tempo curtindo a absoluta solidão reclusa, me pego rindo de lembrar do Amado Batista e de não lembrar nem de como cheguei em casa… Não falamos de sentimentos, só da ausência dele! Não nos olhamos nos olhos, não falamos de sentimentos. Nem do futuro, nem do dia seguinte, nem de consequência porque tais coisas não existem. Ele é meu amigo e eu amiga dele e isso é tudo.

Pensamentos na madrugada !

Posted in Uncategorized on Setembro 6, 2012 by sterika

Não consigo dormir,  está um clima propício: Uma chuva gostosa, meu filho já dormiu, não está passando nada interessante na televisão e eu com insônia. De repente todas as questões da minha vida resolveram passear na minha cabeça,  justamente hoje resolvi questionar minha existência ou a falta de existência … Queria mesmo era uma bela e inconsequente noite de sono, sem pensar em nada, sem nada pra questionar, sem ter que suspirar aquele suspiro dolorido de quem só tem que compreender.

As vezes a vida é incompreensível, em alguns momentos como nesta madrugada, me pergunto porquê…porquê e porquê ?? E se você acha infantil demais questionar a vida , é porque com certeza nunca esteve tão sozinho que leva um susto com a própria voz.  Procuro entender os motivos, procuro buscar um alento, uma explicação, um só apoio pra me consolar e não acho nada…Absolutamente nada além da difícil conclusão: Uns tem outros não. Uns podem, outros não podem. Uns vivem e outros sobrevivem.

Estou tão sozinha que chega a doer, tenho companhias, mas não companheiros. Tenho pessoas maravilhosas ao meu redor com quem não posso falar sobre isso, tenho uma vida de sofrimento que deixei pra trás e uma vida relativa pela frente… Sofro incansavelmente por me humilhar todos os dias pra ter um pouco de atenção, sofro  por ser uma QUASE na vida de alguém, e justamente hoje tudo isso regurgitou no meu pensamento dizendo “ Você nunca será!”-  Levo na cara feito os soldados do Capitão Nascimento.

Acho que da maneira mais cruel, estou descobrindo que minha solidão nunca vai passar, não vai sarar.

 

 

Quero te roubar pra mim …

Posted in Uncategorized on Julho 7, 2012 by sterika

Imagem Eu queria roubar pra mim. Admito. Confesso como numa penitência!  Falo baixinho … inconformada! Admito porque talvez assim eu fique aliviada de ter tais desejos impuros,  esta compulsão fora de hora…Estes pensamentos inconvenientes!

Queria mesmo que aqueles olhos me despissem com muito ardor e brilhassem como diamantes ao se encontrar com os meus … E eu sentisse que seu olhar me acompanha…Me admira…Me prende.

Desejo realmente  ser segurada por aqueles braços, ser envolvida e pressionada . Dominada e protegida por todo carinho daquele abraço sem igual…Desejo obscenamente ser recoberta por braços carinhosos durante a noite , despertar pela manhã e refazer o contorno com olhos da tartaruga tribal que imprime a ideia de uma vida longa.

Seria perfeito se olhássemos juntos pro futuro, se eu fosse o motivo do riso fora de hora… Se a roupa bonita, o gel no cabelo e o perfume suave fosse para mim.

Eu absolutamente egoísta, queria ter a certeza dos planos pras férias e ficar observando sua ansiedade durante o jogo de futebol… Eu completamente equivocada anseio  ter fotos de beijos amorosos, de família, de amigos…Neste momento como eu desejo.

Não sei  o porquê, mas de repente, assim, sem motivo…queria ser a luz dos teus olhos, a figurinha premiada do teu álbum, a cervejinha gelada no dia quente,  o gol no ultimo minuto, a razão de se conquistar as coisas, a escada da tua subida, o molho especial do teu Big Mac ….Queria ser ! Pelo menos hoje!

Queria muito ser sua massagem no fim do dia, ser  o carinho depois de momentos difíceis, ser a voz que te anima a continuar…ai como queria ser sua perdição…seu motivo pra jogar tudo pro alto,  ser seu prazer, sua descoberta, seu precipício  !

Hoje …neste momento absolutamente egoísta, queria roubar pra mim, a mão armada, na cara dura, não devolver nunca mais…ter pra mim, entre correntes …Pra nunca correr o risco de ir embora.

Bem feito pra mim !! Mereço toda angústia destes desejos…Mereço toda ridicularidade destas vontades tão imaturas e tolas… Atravessei a fronteira…Fui ilegal, errada e agora fico suspirando “ Ai se fosse meu!”

Hoje…por hoje !

 

Ele.

Posted in Uncategorized on Julho 27, 2011 by sterika

Toda vez que eu penso nele acabo sorrindo. É como aquela piadinha boba que você ri quando lembra…  A vida é engraçada, num dia você  suspira platonicamente por tantas coisas,  você nem considera certas oportunidades, e de repente está rindo sozinho,  meio que desacreditando do quanto a vida é boa.

Não se sabe das intenções, nem do que vai ser quando crescer, porque a meninice é uma das suas qualidades, quando ele olha manhoso com cara carente alcança a dimensão que me afeta completamente  e só penso no quanto ele é uma coisa boa…Não importa o que dizem  por aí e nem o quanto me consome o preconceito só penso no quanto ele é bom.

E de tanto pensar  vem o sorriso, o momento em que me pego absorvida em pensamentos passados e futuros e desejo em todos eles que jamais alguém apague esta vitalidade infantil, que jamais ele questione seu valor, que em  nenhum momento ele chegue a pensar que não vale nada… Porque sem dúvida alguma ele é uma coisa muito boa.

Astucioso e com a atitude certa, parece ter mais mistérios do que muitos que se gabam por  aí, sabe muito bem como articular situações e faz tudo isto com aquele sorriso fascinante. Aprendo assim a encarar a vida como se tudo fosse um jogo de futebol, de vídeo game, de truco e etc  o que vale é vivenciar.

Talvez eu não tenha braços suficientes para ampará-lo, nem meus passos  rápidos para acompanha-lo por tanto tempo… Sei que meus carinhos e minha compreensão um dia serão ultrapassados, mas o que importa é esta sensação maravilhosa de que estou viva e de que quando estamos juntos  me torno algo tão  bom  quanto ele.